Coma Frango

Tudo sobre o mundo do frango.

É nutritivo

Saiba como o frango faz bem para a saúde

Cozinha limpa, comida saudável

Nutricionista orienta sobre cuidados para evitar contaminações e intoxicações

Comer frango faz bem para a saúde. Mas é preciso ter cuidados com a higiene da cozinha e o preparo para evitar possíveis problemas. “Os cuidados com a higiene na cozinha são essenciais para evitar a contaminação cruzada, que pode acontecer quando os alimentos de origem vegetal e animal entram em contato”, alerta a nutricionista especialista em qualidade de alimentos, Elisabeth Wojslaw.

Durante o preparo, os produtos crus nunca devem ter contato com os cozidos. “A água que verte do frango durante seu preparo precisa ser descartada, pois o seu contato com outros alimentos pode ser prejudicial à saúde”, orienta a nutricionista. Um dos pontos mais importantes para eliminar qualquer tipo de contaminação é o ponto de cozimento da carne. “Jamais deve se ingerir o frango cru ou mal passado. A carne sempre deve ser consumida ao ponto ou mais cozida. A temperatura de cozimento deve variar de 25 a 74 graus, que é o ponto de fervura, quando a carne para de verter água”, explica Elisabeth.

A cozinha deve estar sempre limpa e arejada e usar uma faca para cada mantimento. É indicado também que se tenha uma tábua lavável para carnes e outra para vegetais. Caso não seja possível, a opção é lavar a tábua para cortar os alimentos com água quente e detergente neutro.

“As superfícies devem ser laváveis e, preferencialmente, de vidro”, ressalta. De acordo com a Cartilha de Boas Práticas da Anvisa, “as superfícies que entram em contato com os alimentos, como bancadas e mesas, devem ser mantidas em bom estado de conservação, sem rachaduras, trincas e outros defeitos”, descreve. Essas rachaduras “favorecem o acúmulo de líquidos e sujeiras, possibilitando que os micróbios patogênicos se multipliquem rapidamente.”

As recomendações da Anvisa também se aplicam às tábuas para cortes. Portanto, tábuas de madeiras ou qualquer outra que possa facilitar uma fissura devem ser descartadas.

Outra dica da especialista é que a limpeza deve ser feita com detergentes neutros, produtos anti-bactericidas ou álcool 70% (um álcool especial, não o comum usado na cozinha, comprado em farmácias). “Seguindo esses cuidados, elimina-se possíveis bactérias, como coliformes fecais, que podem estar presentes na contaminação cruzada, ou intoxicações como o botulismo, que ocorre em alimentos mal conservados ou contaminados”, ressalta a nutricionista.

Fonte: Da redação

Categoria(s): , . | Tag(s): , , , , , , , .


Notícias relacionadas