Coma Frango

Tudo sobre o mundo do frango.

É nutritivo

Saiba como o frango faz bem para a saúde
Por ser uma carne magra e proteica, é indicado por nutricionistas desde os seis meses de idade.

Alimentação infantil com carne de frango

A Sugestão da nutricionista é sempre variar o cardápio

Rica em diversas vitaminas e aminoácidos importantes para o fortalecimento do organismo, a carne de frango é um alimento que pode – e deve, ser consumido desde as primeiras refeições do bebê. “A carne de frango apresenta grande teor de proteínas de alto valor biológico porque é rica em aminoácidos indispensáveis, sendo necessária para o crescimento e desenvolvimento da criança”, afirma a nutricionista Graziele Pasetti, do Hospital Vita Curitiba.

Os alimentos sólidos devem ser introduzidos gradualmente na rotina alimentar do bebê a partir dos seis meses de idade, segundo a recomendação da Organização Mundial da Saúde. A carne de frango, como explica Graziele Pasetti, é indicada para ser usada já na papinha do bebê por ser fonte de ferro e fósforo, que promove o fortalecimento completo do organismo, e vitaminas do complexo B, assim como ácido pantotênico, folacina e niacina, que ajudam no metabolismo de açúcares, gorduras e outros processos. “O frango é um alimento importante para compor as papinhas, pois é uma boa fonte de proteína. A sua carne é macia, com menos gordura comparada à carne vermelha, e apresenta menor quantidade de gorduras saturadas”, observa.

Para aproveitar todos os nutrientes, a nutricionista recomenda retirar toda a gordura aparente antes do preparo da carne de frango e cozinhar com pouca água, tentando utilizar a mesma água para o preparo da papinha. “É importante ressaltar que a carne de frango não deve ser consumida mal cozida. Ainda é bom dar preferência para o peito de frango e os temperos naturais, como a cebola, lembrando que a papinha não deve ser batida no liquidificador e sim amassada com um garfo”, salienta.

Assim que a criança possa comer alimentos mais sólidos, é importante variar as receitas. “Pode-se preparar a carne de frango desfiada, assada, grelhada, com molho, em sopas ou nos recheios de tortas”, recomenda. E a nutricionista ainda dá uma dica para estimular o apetite dos pequenos: “Sempre peça para a criança participar da montagem do prato”, aconselha Graziela Pasetti.

Fonte: Da redação

Categoria(s): , . | Tag(s): , , , , , .


Notícias relacionadas